Estudo do “Crucificado (Bom Ladrão)”, de Mariano Fortuny. Carvão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: